PERFIL

Minha foto
A poesia é liberta, não tem senhores; é sozinha, ao mesmo tempo multidão. Seu canal é o poeta, por onde passa, arrastando veias, fígado, mãos, olhos, coração.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

A VERDADE DE MÁRIO QUINTANA

A amizade é um amor que nunca morre.

ROUBO DO NOSSO DINHEIRO: CORRUPÇÃO

A corrupção política é o uso das competências legisladas por funcionários do governo para fins privados ilegítimos. Desvio de poder do governo para outros fins, como a repressão de opositores políticos e violência policial em geral, não é considerado corrupção política. Nem são atos ilegais por pessoas ou empresas não envolvidas diretamente com o governo. Um ato ilegal por um funcionário público constitui corrupção política somente se o ato está diretamente relacionado às suas funções oficiais.

As formas de corrupção variam, mas incluem o suborno, extorsão, fisiologismo, nepotismo, clientelismo, corrupção e peculato. Embora a corrupção possa facilitar negócios criminosos como o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e tráfico de seres humanos, ela não se restringe a essas atividades.

As atividades que constituem corrupção ilegal diferem por país ou jurisdição. Por exemplo, certas práticas de financiamento político que são legais em um lugar podem ser ilegais em outro. Em alguns casos, funcionários do governo ter poderes amplos ou mal definidos, o que torna difícil distinguir entre as ações legais e as ilegais. Em todo o mundo, calcula-se que a corrupção envolva mais de 1 trilhão de dólares por ano.[1] Um estado de corrupçã

ex-atriz MYRIAN RIOS CAUSA POLÊMICA

Ex-atriz e atualmente deputada estadual, Myrian Rios causou polêmica na internet depois da divulgação de um vídeo em que ela se manifesta no plenário da (Alerj (Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro) a respeito da homossexualidade. A veterana chegou inclusive a relacioná-la a uma eventual prática de pedofilia durante seu discurso.

“Não sou preconceituosa e não discrimino. Só que eu tenho que ter o direito de não querer um homossexual como meu empregado, eventualmente”, disparou. “Por exemplo, digamos que eu tenha duas meninas em casa e a minha babá é lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. O direito que a babá tem de querer ser lésbica, é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. São os mesmos direitos. Eu vou ter que manter a babá em casa e sabe Deus até se ela não vai cometer pedofilia contra elas, e eu não vou poder fazer nada”, emendou.

“Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra”, comentou. “Eu queria que meus filhos crescessem pensando em namorar uma menina para perpetuar a espécie”, completou ela, ao se manifestar contra a PEC 23/2007, que visa acrescentar a orientação sexual no rol das vedações à discriminação da Constituição do estado do Rio de Janeiro.

Do blog 1: Ela, que é deputada estadual, precisa lutar contra o preconceito da sociedade a respeito de assuntos que ela não compreende, talvez por falta de conhecimento, talvez por dogma da sua religião, talvez por burrice mesmo.

Do blog 2: A vida tem ensinado que muitas vezes pais preconceituosos recebem a graça divina de ter um homossexual (ou vários) dentro da própria casa, gerado no próprio útero.

Do blog 3: Essa senhora, que se transformou em serva de DEUS precisa saber que ela está correta em não aceitar a pedofilia, mas é obrigada a respeitar a homosexualidade, assim como sua heterosexualidade tem sido respeitada, desde os seus relacionamentos expostos na imprensa.
Sugestão: Se ela contratar, que não vai fazer, essa babá e esse motorista, que ela idealizou e mentalizou, a justiça é clara e rígida, tem como protegê-la, se é que uma deputada não tem proteção.

Do blog 4: O ator André Gonçalves, marido ou ex-marido da ex-atriz (não sei) tem filho (se não me engano) com a deputada e como grande ator vive atualmente um homossexual de grande sucesso na TV GLOBO.

E aê becha?

sábado, 25 de junho de 2011

UM PASSEIO ENTRE OS MUITOS AMIGOS

Amiguinhos, tem outras sessões. Outros amigos, que são inúmeros. Faremos outros maravilhovos passeios.























É SEMPRE TEMPO DE MÁRIO QUINTANA

Lendo thaisagalvão.com.br encontrei essa maravilha de poema.




QUANDO SE VÊ, JÁ SÃO SEIS HORAS...

A vida são uns deveres que trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas…
Quando se vê, já é sexta-feira…
Quando se vê, já é Natal…
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê, não sabemos mais por onde andam nossos amigos…
Quando se vê, perdemos o amor de nossa vida…
Quando se vê, passaram-se cinquenta anos.

Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dada, um dia, uma oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente, e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas.
Seguraria todos os meus amigos, que já não sei onde estão, e diria; Vocês são extremamente importantes para mim.

Mário Quintana

O MENINO NEYMAR É UMA DOCE ONDA


sexta-feira, 24 de junho de 2011

AS NORDESTINAS NO CANTO DA LIRA

AS NORDESTINAS às 10h45 e domingo 10h30 na Sim TV

quinta-feira, 23 de junho de 2011

quarta-feira, 22 de junho de 2011

KD VCS PÓS ELEIÇÃO?

Os artistas aguardam algum acontecimento que mereça nosso respeito.


LUZ NA CATEDRAL DE CANDELÁRIA

Lembrando que houve um massacre contra os meninos de rua do Rio de Janeiro na calçada da Catedral de Candelária. Luz sobre a escuridão.

ÂNGELA MARIA, A GRANDE DAMA DA MPB

Ângela Maria, nome artístico de Abelim Maria da Cunha (Conceição de Macabu, 13 de maio de 1928) é uma cantora brasileira.



Começou cantando em coro de Igreja. Enquanto trabalhava numa fábrica de lâmpadas, participava, às escondidas, de programas de calouros. Adotou o nome de Ângela Maria para não ser identificada pela família. Como ganhava todos os concursos, foi cantar no famoso Dancing Avenida e depois na rádio Mayrink Veiga. Em 1951 gravou o primeiro disco. Veio assim o sucesso que sempre a acompanhou. Atuou em cinema, no longa-metragem Portugal, Minha Saudade (1973).

Ângela Maria consagrou-se como uma das grandes intérpretes do gênero samba-canção (surgido na década de 1930), ao lado de Maysa, Nora Ney e Dolores Duran.

Gravou dezenas de sucessos como Não Tenho Você, Babalu, Cinderela, Moça Bonita, Vá, mas Volte, Garota Solitária, Falhaste coração, Canto paraguaio, A noite e a despedida, Gente humilde, Lábios de mel, etc.

Em 1996, foi contratada pela gravadora Sony Music e lançou o CD Amigos, com a participação de vários artistas como Roberto Carlos, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Chico Buarque, entre outros. O trabalho foi um sucesso, celebrado num espetáculo no Metropolitan, atual Claro Hall (Rio de Janeiro), e um especial na Rede Globo. O disco vendeu mais de 500 mil cópias.

Foi uma fase muito feliz da carreira da cantora que, no ano seguinte, apresentou o álbum Pela Saudade que Me Invade, com sucessos de Dalva de Oliveira, e um ano depois gravou, com Agnaldo Timóteo, o CD Só Sucessos, também na lista dos cem álbuns nacionais mais vendidos. Após a saída da Sony, Ângela voltou a gravar em 2003, desta vez pela Lua Discos, o Disco de Ouro, com um viés eclético, abrangendo compositores que vão de Djavan a Dolores Duran.

Em 1994 foi Homenageada pela Escola de Samba Paulistana Rosas de Ouro , que com o Enredo Sapoti a Rosas de Ouro foi consagrada Campeã do Carnaval de São Paulo em 94

MAMÃE, MAMÃE, MAMÃE EU QUERO

De Yuno Silva
Jornal Tribuna do Norte - Natal / RN



Na foto acima, Lula Belmont, Marcelo Veni, as Kengas, a madrinha das kengas 2011 Margot Ferreira: matéria para a InterTV Cabugi.

De fomentadora de cultura, a Fundação Cultural Capitania das Arte vem sendo alvo de constantes cobranças por parte de artistas que atuam na capital do RN - bastam alguns minutos aos pés da rampa de entrada para perceber que a fila de reclamantes só aumenta. Produtores, carnavalescos, músicos e trabalhadores de todos os segmentos culturais estão em busca de notícias sobre pagamentos de cachês, ajudas de custo e prêmios concedidos. Sobrou até para o Rei Momo e a Rainha do Carnaval, que não receberam seus respectivos cachês. Mesma situação das Escolas de Samba e Tribos de Índios, que também aguardam pagamento, cuja previsão, de acordo com o acerto firmado entre Funcarte e carnavalescos, deverá ser feito até o fim do mês corrente.



Na foto acima, Lula Belmont dando a sua contribuição para o carnaval natalense.

... Lula Belmont, responsável pelo desfile das Kengas durante o reinado de momo, também reforçaram o coro dos descontentes: "Há 28 anos que faço o carnaval das Kengas e isso nunca tinha acontecido", disse Belmont, que foi até a Funcarte cobrar R$ 16 mil referentes a planos de mídia e divulgação. "A Capitania cumpriu com a parte de estrutura de rua (palco, som), mas o acordo fechado é que essa verba cobriria despesas com televisão, rádio e gráficas. Fiz tudo conforme o combinado: atrelei a marca da Prefeitura e da Funcarte em toda a mídia, agora preciso pagar os fornecedores", informou.



Na foto acima, Jarita Night Day. Imagina ela sem cachê!!!!
Eu, particulamente, como não recebo propina, aguardo também o meu cachê, afinal de contas sou da direção das divinas kengas. Aguardo minha cota parte.

INÍCIO DE PESQUISA SOBRE OS GATOS

Iniciamos uma série de pesquisa sobre os gatos. Na foto abaixo minha gata Miluka.


O gato (Felis silvestris catus), também conhecido como gato caseiro, gato urbano ou gato doméstico, é um animal da família dos felídeos, muito popular como animal de estimação. Ocupando o topo da cadeia alimentar, é um predador natural de diversos animais, como roedores, pássaros, lagartixas e alguns insetos.

A primeira associação com os humanos da qual se tem notícia ocorreu há cerca de 9.500 anos, mas a domesticação dessa espécie oriunda do continente africano[1][2] é muito mais antiga. Seu mais primitivo ancestral conhecido é o Miacis, mamífero que viveu há cerca de 40 milhões de anos, no final do período Paleoceno, e que possuía o hábito de caminhar sobre os galhos das árvores. A evolução do gato deu origem ao Dinictis, espécie que já apresentava a maior parte das características presentes nos felinos atuais.[3] A sub-família Felinae, que agrupa os gatos domésticos, surgiu há cerca de 12 milhões de anos, expandindo-se a partir da África subsaariana até alcançar as terras do atual Egito.[4]

Existem cerca de 250 raças de gato-doméstico, cujo peso variável classifica a espécie como animal doméstico de pequeno a médio porte. Assim como cães com estas dimensões, vive entre quinze e vinte anos. De personalidade independente, tornou-se um animal de companhia em diversos lares ao redor do mundo, para pessoas dos mais variados estilos de vida. Na cultura humana, figura da mitologia às superstições, passando por personagens de desenhos animados, tiras de jornais, filmes e contos de fadas. Entre suas mais conhecidas representações, estão o gato Tom, Frajola, Gato Félix, Gato de Botas e Garfield.

O SÍNDICO E SUAS FUNÇÕES

Vamos a partir de hoje fazer pesquisa sobre o "síndico", essa figura que surge na vida da gente e que, dependendo da situação, acha que vai modificar o mundo, ou, às vezes, sente-se o dono do globo terrestre.



Principais responsabilidades e os poderes de um síndico:

O Síndico é o representante legal eleito pela Assembléia dos condôminos. Embora seja dotado de poderes executivos, com condições de tomar várias decisões importantes, pode ser substituído a qualquer momento, da mesma forma que foi eleito, por uma assembléia convocada especificamente para esse fim. Ele normalmente não possui nenhum vínculo trabalhista, mas, dependendo da convenção do condomínio, pode obter uma isenção da taxa condominial e até ser remunerado, já que exerce uma grande responsabilidade.

Atualmente, existe a figura do síndico profissional, um executivo contratado pelo condomínio para exercer a função de síndico. No entanto, é necessário que a convenção do condomínio o permita.

O Síndico possui várias funções, como: representar o Condomínio legalmente perante terceiros e órgãos públicos, em juízo ou fora dele, exercer a administração interna da edificação, cumprir e fazer cumprir a Convenção e o Regimento Interno, impor as multas estabelecidas pela convenção, prestar contas à Assembléia, cuidar da manutenção e da segurança do prédio, e guardar os documentos contábeis do condomínio, conforme prescreve a Lei. Deve zelar pela aplicação dos dispositivos das leis que tenham relação com a vida do condomínio, tais como as de trânsito (CTB), em suas vias internas e a do Silêncio (Lei Nº 126, de 10/05/1977).

As responsabilidades do síndico são enormes, pois responde, civil e criminalmente, por seus atos administrativos e até por danos causados, pelo condomínio, à terceiros ou aos próprios condôminos, se for comprovada omissão ou negligência de suas obrigações.

As decisões tomadas pelo síndico devem ser pautadas pelo que determina a Convenção Condominial, pelo Regulamento Interno, as deliberações das Assembléias Gerais, sem ultrapassar os ditames da Lei.

terça-feira, 21 de junho de 2011

NÃO ESQUEÇAMOS DO ASSÉDIO MORAL


Assédio Moral não é Dano Moral. Assédio é constante. Dano Moral é algo momentanio que trás constrangimento. Acho que devemos ficar atentos. É só não aceitar agressões, não revidar e se informar. Há defesa sim.

A DIVERSIDADE DE MARCELO VENI

O Produtor Cultural Marcelo Veni, criador do Prêmio Hangar de Música, incentivador da carreira artística de diversos nomes conhecidos na nossa música potiguar, atual produtor do Beco do Reggae e do pé-de-serra Forró na Manha, entre outros, é o sonhador / realizador de grandes projetos na música do nosso RN.



Como todo artista de nossa terrinha, o Produtor Cultural também exerce a sua missão com dificuldade constante. Não existe apoio institucional.



Nossa homenagem a esse talentoso homem da cultura.